quinta-feira, 7 de junho de 2012

"O Beijo do Highlander - Karen Marie Moning"


Ficha técnica de: O Beijo do Highlander
Titulo original: Kiss of the Highlander
Autor: Karen Marie Moning
Data da Publicação: 03/2007
Editora: Saída de Emergência
IBSN: 9789896370176
Páginas: 320
PVP (em euros): 19,03

"Exausta do trabalho e saturada do quotidiano, Gwen Cassidy decide marcar uma viagem à Europa. O destino escolhido são as verdes Highlands da Escócia. Mas a esperança de encontrar o homem dos seus sonhos desvanece quando percebe que a sua fantástica viagem é afinal uma excursão de idosos. Frustrada, decide deambular sozinha pelas colinas de Loch Ness, onde acaba por escorregar e cair numa caverna há muito abandonada.Nessa caverna, jaz Drustan Mackeltar, um lorde escocês adormecido por um feitiço há quinhentos anos, que começa a desenvolver um sentimento controverso pela fascinante personalidade de Gwen. Irreverente e impulsiva, ela não é nada como as mulheres que se cruzaram na sua vida. Será ela uma mulher à altura de um lorde como Drustan?"


Este é o terceiro livro que leio da autora e até ao momento decididamente é o meu preferido. Começo cada vez mais a gostar da Escócia e com tantos livros que nos retractam as suas magníficas paisagens, cada vez mais tenho vontade de as visitar.

Confesso que o primeiro livro que li foi um pouco complicado por causa da escrita contemplar vários termos arcaicos mas, uma vez ultrapassado esse ligeiro obstáculo, posteriormente esse pequeno entrave torna-se numa das suas fantásticas qualidades.

É um livro repleto de humor, amizade, sedução, emoção, alegria, conquista, sacrifício, engano, tristeza e amor. De um lado temos Gwen, uma jovem brilhante de 25 anos frustrada com a sua vida profissional e amorosa e do outro um Laird do século dezasseis com tudo mais que no sítio, Drustan é poderoso, forte, inteligente, bonito e o protector. Devido às viagens no tempo os dois acabam por se encontrar e a atracção é logo evidente e eminente. As peripécias resultantes do seu encontro, em ambos os séculos (XVI e XXI) são carregadas de muitas cenas de humor e confusão que nos vão colocar um sorriso nos lábios.

A par de uma escrita humorística e leve que proporciona uma leitura rápida, replecta de muito romance e erotismo proporciona também uma sensação de pura descontracção e curiosidade para a leitura do seguinte.





2 comentários:

  1. A cena das peúgas é épica xD

    ResponderEliminar
  2. Tens razão :) dei uma boas gargalhadas à custa das peúgas!

    ResponderEliminar